Mudança de Escola

denise-mineiro_mudanca-de-escola-ajude-seu-filho-a-se-adaptar1Mudança de Escola*

 

No começo do ano, os pais de crianças em idade escolar que se deparam com a transição de escola, seja por fatores externos, como término da educação infantil, seja por fatores internos, como não adaptação da criança e/ou dos pais a esse determinado ambiente, sentem angústias e expectativas diante deste novo cenário e de como lidar com todas essas questões. Esta é a razão deste post.

O principal parâmetro para saber se a escola está adequada é, além de satisfazer em parte as expectativas dos pais, a satisfação da própria criança ao entrar e conviver nesse novo ambiente. O que contribui para o bem estar de todos é que os pais permaneçam  atentos ao que seu filho(a) mostra nas suas atividades diárias, suas dificuldades e conquistas, comportamentos diferentes que apresenta, dar ouvidos às suas queixas, ou seja, é importante que os pais se mostrem abertos ao que a criança traz desse novo. Além disso, conhecer os amigos do(a) filho(a) faz com que os pais tenham contato com as pessoas as quais ele se identifica mostrando de que forma está se desenvolvendo na área social. Sendo assim, a cada dia, as descobertas aparecem de forma sutil e ficar atento a elas faz com que os pais conheçam o(a) filho(a) de uma outra maneira.

De outro lado, os pais, quando vão escolher a escola, é importante que ouçam e sigam seus instintos tendo contato com cada sentimento e sensação frente ao ambiente escolar. Se vocês (Pai e Mãe) gostarem, isso ajudará para que a ansiedade fique sob controle e seu (sua) filho(a), ao perceber essa tranquilidade e confiança, possivelmente terá o mesmo sentimento.

Lembre-se! Não existe escola boa ou ruim. O importante nesse processo é analisar o que a escola oferece para o bem estar da criança como, por exemplo: alimentação saudável, exercícios físicos e atividades extras, sendo que, essas deverão ser apropriadas a idade do seu filho(a).

Criança feliz gera Pais satisfeitos e Escolhas adequadas!

 

 

*Andrea Tortorelli Gomes

Psicóloga CRP 59719

Consultório: Av. Moraes Sales,1212 sala 51 Campinas

Telefone contato: 19 9 9217 7969

Férias em Família. E você gosta de fazer viagem com sua família??

IMG_7865Ahhh como eu adoro viajar e viajar em família.

Neste final de Ano de 2017 eu tive uma ideia. Pensei em passar um Natal e um Reveillon diferentes.  Organizei duas viagens. No Natal fomos para Ubatuba com minha irmã, minha sobrinha e meu cunhado. Saímos no dia 22/12 de Campinas – SP e, graças a Deus, não pegamos trânsito e nem chuva no caminho.

Fez sol todos os dias, o que é raro em se tratando de Ubatuba ou Ubachuva, kkkkk.  Fomos à praia todos os dias, rimos muito, compartilhamos muitos assuntos que no dia a dia não conseguimos e, principalmente, ficamos em família.

Para mim e minha família o Natal é um momento de estarmos juntos e de se unir mais e se descobrir.

É também o momento de praticarmos a paciência, a solidariedade e o cooperativismo.

Foi um Natal muito bom.

Agora o Reveillon resolvemos fazer outro programa diferente com meu marido e meus filhos. Fomos para Fortaleza – CE.

Fomos no dia 28/012 e voltamos dia 04/01. Mais um desafio porque quando passamos férias juntos há um mix de sentimentos. Uma hora estão todos felizes, alegres e em outra já estamos discutindo. Acontece com vocês também? Acredito que sim, pois famílias são todas iguais, só mudam de endereço.

Fortaleza é um lugar lindo, praias maravilhosas. Jericoacoara é simplesmente demais. Fizemos um passeio de bate volta, tipo farofeiro mesmo kkkkk. Mas foi demais. Um lugar paradisíaco e bem rústico. Tomara que preservem esse lado bucólico.

Para finalizar, meu marido, minha filha e eu pegamos uma virose de 1 dia, praticamente, mas que não atrapalhou muito nossos planos. Só um desconforto, que foi passageiro.

Bom, viajar em família faz com que você conviva dia e noite com as pessoas que você mais ama o que, provavelmente, você não consiga fazer isso no seu dia a dia. A gente volta renovado e mais unido.

E você, já fez sua “Viagem de Família” ?

Ano de realizações.

gratidaoNesse ano que está quaseeeeee acabando faço uma reflexão sobre esse meu projeto.

Apesar de pouco tempo de Blog e de uma roda de conversa, já posso falar que foi super produtivo.

Vejo que as mães têm necessidade de falar sobre suas dores, dúvidas, dividir suas conquistas e seus dilemas. A roda de conversa é para isso mesmo.

Quando realizei a primeira roda sobre Sexualidade o papo fluiu muito bem e me deparei com situações que eu ainda não tinha visto na minha Experiência de Mãe.

Vou realizar mais e mais rodas com temas super interessantes. E você, qual tema quer sugerir para nossa roda? Dê sua opinião.

Dicas de presentes.

Natal. Época tão linda, pois as pessoas se doam, renovam as esperanças e as famílias se unem.

Junto com tudo isso vêm os presentes. Mas de onde veio esse costume de trocar presentes no Natal sendo que o “aniversariante” não recebe?

Esse costume veio exatamente de quando Jesus nasceu. Os três Reis Magos quando souberam que o Salvador havia nascido, foram visitá-lo e levaram presentes para ele.

À partir daí ficou a tradição de trocar presentes para celebrar o Natal.

Agora, o que dar para seus filhos? Como mãe que sou prefiro contar minha experiência …..Experiência de Mãe.

Eu preferia dar aos meus filhos jogos que incentivavam a criatividade, como por exemplo: quebra-cabeça, jogos de adivinhação (Perfil, Detetive, Imagem e Ação, Adivinha Quem, Caça Palavras, Lego, Blocos para montar). Fazia bastante sucesso e eu jogava com eles.

Com relação aos brinquedos de “meninas” e de “meninos”. Juro que eu fiz isso. Dei fogãozinho, panelinhas, vassourinha, mas hoje não faria mais isso kkkkk. Desde cedo tendo que limpar e cozinhar e porque só para as meninas?

E os meninos, porque jogos com armas, bonecos violentos, jogos de morte…pra que isso!!! Eu tinha uma regra jogos violentos eram proibidos em casa. Foi assim até uns 13 anos, depois fui liberando aos poucos.

O importante na hora de escolher o que dar para a criança é ter em mente que você é o responsável de como seu filho será no futuro. Parece bobeira falar que esses tipos de jogos influenciam as crianças à violência, mas é a pura verdade.

Então analisem bem o que dar aos seus filhos, é a formação do caráter deles que está em suas mãos!

Boas Compras!!!

 

 

Presentes de Natal

Presentesssss de Natal ………. como lidar com isso

Presentessss……presentesssss…presentessss…….

Papai Noel, eu quero uma bicicleta, um jogo de vídeo game, uma bola, uma chuteira e e e e……

 

Socorro!!!!!!!

O que fazer com tantos pedidos.?????

Dou tudo que ele pede ou seleciono?

Essa época deixa as mães loucas com tantos pedidos, mas ….Calma!!!!

Será que é necessário dar tantos presentes? Dar tudo o que ele/a pede?

Vamos conversar sobre isso???

Será nossa próxima roda de conversa.

Tragam suas angústias e suas dúvidas.